ASSUNTOS GERAIS

ASSUNTOS GERAIS

POR ASSUNTO

ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA

ENDOSCOPIA BARIÁTRICA

CÁPSULA ENDOSCÓPICA / ENTEROSCOPIA

COLONOSCOPIA

COLANGIOPANCREATOGRAGIA ENDOSCÓPICA RETRÓGRADA

ECOENDOSCOPIA

OUTROS

MAIS RECENTES

QUALIDADE NA ENDOSCOPIA DE URGÊNCIA

QUALIDADE NA ENDOSCOPIA DE URGÊNCIA

A qualidade dos serviços de saúde pode ser medida através da comparação do desempenho de um indivíduo ou um grupo, com relação a um ideal ou uma referência1. Os indicadores de qualidade podem ser divididos em 3 categorias: Estruturais (qualidade do endoscópio,... »

Mucocele de Apêndice – Qual o papel da Colonoscopia?!

CONCEITO E CLASSIFICAÇÃO O termo Mucocele do Apêndice refere-se à obstrução e dilatação do lúmen apendicular devido ao acúmulo de substância mucóide. Apesar de frequentemente utilizado, esse termo é ambíguo, sendo mais apropriado para descrever uma aparência d... »

Pneumatose intestinal

Pneumatose intestinal

A pneumatose intestinal (PI) pode ser um achado incidental em um paciente assintomático e que se resolve espontaneamente ou pode ser visto em condições associadas à necrose intestinal e indica a necessidade de cirurgia de emergência.   Causas: A PI é idio... »

Anatomia endoscópica pós cirurgia bariátrica

Anatomia endoscópica pós cirurgia bariátrica

Obesidade é uma doença complexa, crônica e incurável. O aumento contínuo da incidência e da necessidade de tratamentos mais precoces e efetivos, coloca o endoscopista em um papel importante na equipe multidisciplinar de tratamento da obesidade. A cirurgia bari... »

Assuntos Gerais : Pólipos de Glâdulas Fúndicas

Assuntos Gerais : Pólipos de Glâdulas Fúndicas

  Os pólipos gástricos ocorrem em cerca de 6% das endoscopias digestivas altas nos EUA, sendo os Pólipos de Glândulas Fúndicas (PGF) mais comuns. Estudo retrospectivo de 2008, mostra que em 121.564  endoscopias realizadas em clínicas privadas de 36 estado... »

Assuntos Gerais: Lesão de Dieulafoy.

Assuntos Gerais: Lesão de Dieulafoy.

  A Lesão de Dieulafoy (LD) foi primeiramente descrita em 1884 por Gallarden, e caracterizada em 1898 pelo cirurgião George Dieulafoy, após descrição de três casos de hemorragia gastrointestinal fatal em jovens, ganhando assim seu nome. Acreditava na époc... »

Assuntos Gerais – Tuberculose Intestinal

Assuntos Gerais – Tuberculose Intestinal

A tuberculose intestinal (TBI) perfaz cerca de 2% dos casos totais de tuberculose. Por se tratar de uma doença endêmica no Brasil, o gastroenterologista e/ou endoscopista irá se deparar com a TBI em algum momento de sua prática médica. O grande dilema da TBI é... »

O tratamento com os inibidores de bomba de prótons é seguro?

O tratamento com os inibidores de bomba de prótons é seguro?

  Não seria exagero dizer que os inibidores da bomba de prótons (IBP`s) revolucionaram a gastroenterologia a partir do início dos anos 90. Muito mais eficientes que os antiácidos ou os antagonistas dos receptores H2, eles tornaram-se a droga de escolha no... »

Ética Médica nas Mídias Sociais: O que pode e o que não pode!

Ética Médica nas Mídias Sociais: O que pode e o que não pode!

O uso das Mídias Sociais estão crescendo exponencialmente nos últimos anos e revolucionaram a prática médica, mudando a forma como estes profissionais de saúde se comunicam, sejam entre si ou com os pacientes, e compartilham experiências. Cada plataforma de Mí... »

Pancreatite Autoimune

Pancreatite Autoimune

  A Pancreatite Autoimune (PAI) é uma das possíveis causas de pancreatite crônica, que cursa com infiltrado inflamatório na glândula e fibrose progressiva, podendo levar à insuficiência pancreática (1). A observação do quadro clínico nos permite classific... »

Diagnóstico moderno da DRGE: o Consenso de Lyon – O que o endoscopista precisa saber

Diagnóstico moderno da DRGE: o Consenso de Lyon – O que o endoscopista precisa saber

o Consenso de Lyon constata que a DRGE tem um perfil de sintomas heterogêneo, com base patogênica multifacetada que desafia um simples algoritmo diagnóstico. E apesar de reconhecer as limitações dos testes esofágicos atuais, propõe o modelo apresentado acima.... »

TRANSPLANTE DE MICROBIOTA FECAL: O QUE O ENDOSCOPISTA PRECISA SABER

TRANSPLANTE DE MICROBIOTA FECAL: O QUE O ENDOSCOPISTA PRECISA SABER

O transplante de microbiota fecal (TMF) ou transplante fecal consiste na infusão de fezes de um doador saudável no trato gastrointestinal de um paciente que possua alguma doença relacionada a alteração da flora intestinal. Os primeiros relatos de TMF são de 17... »