Classificação de Bismuth-Corlette – Tumores Hilares

Classificação de Bismuth-Corlette – Tumores Hilares
Compartilhe:

 

Os tumores que envolvem a região peri-hilar são classificados de acordo com o padrão de envolvimento dos ductos hepáticos (classificação de Bismuth-Corlette):

  • Tipo I: Tumores abaixo da confluência dos ductos hepáticos
  • Tipo II: Tumores acometendo a confluência dos ductos hepáticos
  • Tipo IIIa: Tumores envolvendo o ducto hepático comum e o ducto hepático direito
  • Tipo IIIb:  Tumores envolvendo o ducto hepático comum e o ducto hepático esquerdo
  • Tipo IV: Tumores que envolvem a confluência e se estendem para o ducto hepático direito e esquerdo

 

Os tumores da via biliar que envolvem a bifurcação do ducto hepático comum são denominados tumores de Klatskin ou colangiocarcinoma hilar, independentemente de surgirem da porção intra-hepática ou extra-hepática da árvore biliar.

Os tumores peri-hilares são responsáveis ​​por aproximadamente 50% de todos os colangiocarcinomas, enquanto aproximadamente 40% são tumores extra-hepáticos distais e 10% ou menos são intra-hepáticos.

Essa classificação foi primeiramente descrita pelos cirurgiões Henri Bismuth e Marvin Corlette em 1975, e posteriormente modificada em 1992 para a forma que conhecemos hoje. Seu propósito original era guiar a conduta cirúrgica de acordo com os ductos acometidos: Tipo I: excisão extra-hepática com anastomose biliodigestiva; Tipo II: anastomose na placa hilar; Tipo IIIa: hepatectomia direita; Tipo IIIb: hepatectomia esquerda; Tipo IV: transplante hepático

 

Referência:

Bismuth H, Nakache R, Diamond T. Management strategies in resection for hilar cholangiocarcinoma. Ann Surg. 1992 Jan;215(1):31-8.

 

Baixar em PDF
Compartilhe:
Foto de perfil de Admin
Por Admin