Lesão em Reto – Qual seu diagnóstico e conduta?!

Lesão em Reto – Qual seu diagnóstico e conduta?!
Compartilhe:

Mulher, 51 anos, previamente hígida, assintomática, submeteu-se a Colonoscopia para fins de rastreamento do câncer colorretal. Não possui comorbidades ou história familiar de neoplasia do trato gastrointestinal. É procedente de Timbaúba-PE (interior do estado – Zona da Mata Norte) e possui antecedente de banhos de rio naquela região.

Colonoscopia:

Na parede anterior do reto distal, a cerca de 1cm da linha pectínea, observa-se abaulamento arredondado, discretamente avermelhado, recoberto por mucosa íntegra, de consistência elástica, sem anormalidades à cromoscopia virtual com NBI, tampouco sinal da tenda presente, medindo cerca de 10mm.

 

Em virtude dos achados da Colonoscopia, paciente foi referenciada à Ecoendoscopia:

Presença de lesão hipoecóica, heterogênea, doppler negativa, com limites bem definidos, medindo 10mm no maior eixo, localizada nas camadas mucosa e submucosa.

 

Compartilhe esse quiz para mostrar seus resultados !


Apenas nos diga quem você é para ver o resultado!

esqistossomose Acertei %%score%% em %%total%%

 

Baixar em PDF
Compartilhe:

2 Comentários

  1. Foto de perfil de Guilherme Sauniti

    Parabens pelo caso Maria Sylvia.
    Dificilmente imaginariamos este diagnóstico aqui no sudeste.
    Minha pergunta é : como a lesão estava tão perto da borda anal, não pensaram em consultar um cirurgiao para uma ressecção com afastador anal ?
    Logicamente por endoscopia e mais bonito. Mas também envolve maior dificuldade e gasto.

  2. Foto de perfil de Cezar Sato

    Parabéns pelo caso e pela excelente documentação do mesmo, Maria Sylvia!!
    Jamais pensaria neste diagnóstico.
    Abraços

Deixe um comentário